Loader Image
Alunos do G9 participam da edição online da Canguru de Matemática
24 de junho de 2020

A olimpíada escolar Canguru de Matemática é uma competição anual internacional destinada aos alunos do 3º ano do Ensino Fundamental até os da 3ª série do Ensino Médio.

Alunos do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio do Curso G9 participaram, em 22 e 24 de junho, da primeira edição online da olimpíada escolar Canguru de Matemática. A medida foi adotada em função do necessário isolamento social para combater a Covid-19.

 

A olimpíada escolar Canguru de Matemática é uma competição anual internacional destinada aos alunos do 3º ano do Ensino Fundamental até os da 3ª série do Ensino Médio. No Curso G9, a prova foi feita por cerca de cem alunos das turmas do 6º ano do Fundamental II à 3ª série do Ensino Médio.

 

“Foi uma experiência inédita, mas muito interessante. As provas, como sempre, trouxeram questões prazerosas de se fazer, contemplando níveis diferentes de habilidades matemáticas”, explicou o professor Vicente Carlos Martins Mateus. Ele e Mateus Francisco, também professor de Matemática, orientaram e coordenaram os participantes durante todo processo, incluindo a presença em uma sala virtual de apoio durante a prova. “Foi, sem dúvida, um grande aprendizado para as demais olimpíadas que estão por vir”, disse Mateus Francisco.

 

“Achei muito legal a prova e muito interessante a iniciativa de se aprender Matemática de um jeito divertido”, disse o aluno João Pedro Bacherli Machado, do 6º ano (Turma F61). Para George Stefallo Simsen (Turma F62), medalhista em 2019, a prova “estava difícil, com questões que exigiram muito raciocínio”.

 

Canguru de Matemática

Com origem na França, é administrada globalmente pela Associação Canguru sem Fronteiras (Association Kangourou sans Frontières – AKSF). O concurso, o maior do gênero no mundo, reúne em média 6 milhões de participantes por ano, de 75 países. No Brasil, foram em torno de 300 mil inscritos para a versão online da olimpíada.

 

Os objetivos dessa olimpíada, que há 11 anos é realizada no Brasil, são: contribuir para a melhoria do ensino de Matemática em todos os níveis da Educação Básica; favorecer o estudo de maneira interessante e contextualizada, aproximando os alunos do universo da Matemática; e estimular a capacidade dos alunos de obter prazer e satisfação intelectual na resolução de problemas de Matemática pura ou aplicada.

 

O concurso é dividido em seis níveis: nível P (Pre Ecolier) – alunos do 3º e 4º anos do EFI; nível E (Ecolier) – alunos do 5º e 6º anos do EFI e EFII, respectivamente; nível B (Benjamin) – alunos do 7º e 8º anos do EFII; nível C (Cadet) – alunos do 9º ano do EFII; nível J (Junior) – alunos da 1ª e 2ª séries do EM; e nível S (Student) – alunos da 3ª série do EM.




+ Ver Mais
12 de junho de 2021

Ivan Vilela conversa com alunos...

... + Ver Mais
12 de junho de 2021
Ivan Vilela conversa com alunos do Ensino Médio sobre mineiridades
+ Ver Mais
08 de junho de 2021

Alunos da F31 trabalham adjetivos...

... + Ver Mais
08 de junho de 2021
Alunos da F31 trabalham adjetivos de forma leve e divertida
+ Ver Mais
04 de junho de 2021

Autora Silvana Rando conversa...

... + Ver Mais
04 de junho de 2021
Autora Silvana Rando conversa com alunos do Fundamental I
+ Ver Mais
01 de junho de 2021

Atletas representam o Brasil...

... + Ver Mais
01 de junho de 2021
Atletas representam o Brasil no Pan-americano de Xadrez
TOPO