Loader Image
Dudu do Cavaco faz apresentação aos alunos do Ensino Fundamental I
28 de março de 2023

O encontro, na quadra do colégio, foi organizado por Eduardo Sato, com apoio da coordenadora pedagógica do segmento, professora Nilcéia Julliana Ribeiro de Carvalho Pereira.

Dudu do Cavaco, o primeiro músico com síndrome de Down do Brasil, fez uma breve apresentação aos alunos do Ensino Fundamental I do Curso G9 antes da palestra musicada que aconteceu no Teatro Municipal Christiane Riera, em 24/03.

 

O encontro, na quadra do colégio, foi organizado por Eduardo Sato, com apoio da coordenadora pedagógica do segmento, professora Nilcéia Julliana Ribeiro de Carvalho Pereira. Sato é o idealizador e coordenador da primeira equipe de Futsal Down do Sul de Minas e pai Rafael Gomes Sato, aluno do 5º ano do (Turma F51) e de Fabiana Gomes Sato, da 2ª série do Ensino Médio (Turma M21) do Curso G9.

 

“Quando eu estou tocando, eu pego a minha emoção e coloco no meu cavaquinho e jogo para todo mundo… e me sinto feliz”, diz Dudu do Cavaco, que encantou os alunos com sua apresentação.

 

Eduardo Sato também ministrou, em 21/03, a palestra "T21: A deficiência não nos define", realizada no auditório da Faculdade de Medicina de Itajubá (FMIT). As duas atividades integraram a programação da I Semana Municipal de Conscientização Sobre a Pessoa com a T21 de Itajubá, que teve apoio do Curso G9.

 

A semana contou ainda com a palestra "A Vitória da Inclusão", com Maurício Carvalho e seu filho Rafael Atkinson e o primeiro Amistoso Sul Mineiro de Futsal Down, no Ginásio do Tigrão.

 

Apresentação

“Dudu mostrou aos estudantes do G9 e famílias presentes que nunca devemos enxergar uma deficiência a frente da pessoa, que todos, sem exceção, devem ser respeitados! Quem não tem limitações? Quem não possui algum tipo de dificuldade? Dudu nos mostra que a limitação está naqueles que não acreditam no potencial das pessoas com a T21 e que, por isso, deixam de dar oportunidades”, disse Eduardo Sato.

 

Ele lembrou que a T21 não é uma doença, mas “uma alteração genética e que, por isso, se torna uma característica intrínseca dessas pessoas, mas que, de forma nenhuma, se torna uma barreira ou obstáculo para elas”.

 

“Dudu é apenas um dos exemplos de que as pessoas com a T21 são capazes, que devem ser vistas como qualquer pessoa típica, que devemos a cada dia conscientizar e descontruir preconceitos, quebrar paradigmas e trocar a palavra exclusão por oportunidades”, completou.




+ Ver Mais
22 de janeiro de 2024

Curso G9 abre processo seletivo...

... + Ver Mais
22 de janeiro de 2024
Curso G9 abre processo seletivo para bolsas no Pré-vestibular 2024
+ Ver Mais
20 de dezembro de 2023

Alunos do G9 são destaque na...

... + Ver Mais
20 de dezembro de 2023
Alunos do G9 são destaque na Etapa Verão do Circuito das Estações de Xadrez
+ Ver Mais
11 de dezembro de 2023

Alunos do Ensino Médio constroem...

... + Ver Mais
11 de dezembro de 2023
Alunos do Ensino Médio constroem “Ponte de Macarrão” em projeto de Física
+ Ver Mais
07 de dezembro de 2023

Alunos do 8º ano fazem apresentação...

... + Ver Mais
07 de dezembro de 2023
Alunos do 8º ano fazem apresentação circense “Cartola do André”
TOPO