Loader Image

NOTÍCIAS

Artigos: Como está a saúde emocional de seu filho e sua filha?

O Curso G9 se preocupa muito com a educação socioemocional de nossos alunos. Por isso, em parceria com a Geekie, selecionamos, para você, quatro artigos que tratam de temas muito importantes, como fortalecimento de vínculos, conexões afetuosas e outras ferramentas que podem contribuir para a melhoria da saúde mental de crianças e adolescentes.

 

Confira abaixo os artigos - é só clicar no link de interesse. Vale a pena a leitura!

 

Famílias mais conectadas com seus filhos e suas filhas na Nova Era da Educação

O confinamento trouxe oportunidades preciosas às famílias, como o fortalecimento das conexões com crianças e jovens, o aumento da corresponsabilidade na educação e o uso maior de tecnologias digitais para acompanhar de perto a vida escolar. Resta saber se todas essas mudanças vão perdurar na era pós-coronavírus. Confira a opinião e dicas da especialista em Disciplina Positiva, Bete P. Rodrigues.

 

Dicas sobre como enfrentar os desafios no processo de educação dos filhos

O escritor Marcos Piangers ministrou uma palestra online no programa Todos na Primeira Fileira, no canal da Geekie no Youtube, em outubro. Ele falou sobre os desafios das famílias no processo de educação de seus filhos e suas filhas na pandemia. Também a importância do bom uso das tecnologias e das habilidades humanas nas futuras profissões.

 

Escuta ativa na escola é o tema do segundo encontro do Circuito Geekie

Palestra aconteceu em 8 de abril e mostrou a importância do respeito e da empatia na comunicação para propor soluções e acolher estudantes, famílias e corpo docente.

 

Como melhorar o engajamento e a motivação de adolescentes nos estudos? A neurociência explica

O sono durante a aula, o mau humor ao fazer a lição de casa ou a irritação na hora de estudar para as provas. Tudo isso pode parecer preguiça ou má vontade, mas não é bem assim. A culpa pode ser dos hormônios e da remodelação cerebral, que ocorrem na adolescência. Saiba como a neurociência explica esses fenômenos e aprenda a como ajudar seu filho ou sua filha durante esta fase.

Leia Mais
...
16 de abril de 2021

Artigos: Como está a saúde emocional de seu filho e sua filha?

Seleção de Bolsa para o PV: inscrições até 18/04

Estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo de bolsas para o Pré-vestibular 2021 do Curso G9. As inscrições podem ser feitas até 18 de abril, exclusivamente por meio digital. O critério de seleção é a nota do ENEM 2020: quanto maior a nota, maior o desconto do aluno.

 

Para se inscrever nesse processo, baixe e preencha a ficha de inscrição e a envie para o e-mail bolsa@curso-g9.com.br. Junto com a ficha, é necessário anexar cópia legível do relatório original de notas no ENEM 2020, obtido no site do INEP.

 

Após o recebimento desses dados, sua inscrição será processada e lhe será enviado um e-mail de confirmação. Caso não receba esse e-mail, entre em contato com a escola.

 

O resultado do Processo Seletivo estará disponível, a partir das 14 horas do dia 19/04, para ser retirado na escola ou através de contato pelo WhatsApp (35) 98852-8239 (Departamento de Marketing). Falar com a Cecília ou com a Letícia.

 

Informação importante: o aluno beneficiado com desconto deverá efetuar a matrícula até o dia 23/04. A partir dessa data, perderá o direito ao desconto que, porventura, tenha conquistado.

 

Leia Mais
...
07 de abril de 2021

Seleção de Bolsa para o PV: inscrições até 18/04

G9 participa da Conferência da Universidade Oxford

Professores de Inglês do Curso G9 participaram, em 25 de março, da Conferência Virtual 2021 da Universidade Oxford, com transmissão a partir de Londres (Inglaterra). O encontro reuniu profissionais da Educação de vários países para palestras sobre o programa Bright Futures e Oxford Quality, adotados pelo colégio: o primeiro contempla os alunos da Educação Infantil e o segundo, as turmas do Ensino Fundamental II.

 

Participaram da Conferência Virtual 2021 os seguintes professores: João Gabriel Cavalcante Pereira, Lívia Mota Bueno, Marco Antonio Gomes Carneiro (Kako), Mayza Guimarães Ferreira e Patrícia Andrade Magalhães.

 

O Curso G9 mantém parceria com a Oxford desde 2016, quando o colégio foi uma das três escolas mineiras selecionadas para integrar os projetos da Oxford University Press, os quais buscam oferecer excelência no ensino de Inglês. A Oxford University Press é um departamento da Universidade de Oxford no Brasil.

 

“Nossos professores destacaram a importância da paciência, do bem-estar e da saúde mental em um período no qual o mundo inteiro mostra preocupação quanto à motivação dos alunos e dos próprios docentes”, disse o professor Marco Antonio. “Em adição a isso, focaram na necessidade do contato constante da família e da escola e como essa ligação fortalece o processo de aprendizagem, tendo em vista que os professores agora estão ‘dentro’ da casa de cada uma”, completa.

 

A Conferência Virtual 2021 da Universidade Oxford contou com cinco palestrantes, professores mestres e doutores da universidade, que exploraram temas relevantes para o ensino atual: o impacto global das mudanças nos valores e princípios educacionais; o gerenciamento de pequenos times; o apoio a pequenos aprendizes e seus familiares na educação remota; a motivação para adolescentes e adultos; e a busca pelo bem-estar durante a pandemia.

 

 

 

Leia Mais
...
05 de abril de 2021

G9 participa da Conferência da Universidade Oxford

Canguru de Matemática reúne 78 alunos do Curso G9

Alunos do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio do Curso G9 participaram, entre os dias 22 e 26 de março, da olimpíada Canguru de Matemática Brasil, voltada aos estudantes matriculados regularmente desde o 3º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio.

 

Do total, 78 alunos do colégio fizeram a prova que, pela segunda vez, foi realizada de forma online em função do necessário isolamento social para combater o avanço da Covid-19. No ano passado, o Curso G9 conquistou três medalhas na competição.

 

Os alunos também tiveram ótimo desempenho em outras olimpíadas escolares em 2020, como na Olimpíada Nacional de Ciências (ONC). Várias universidades já adotam as notas de olimpíadas como opção aos vestibulares: Renan Barbosa Silva, medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) 2020, foi o primeiro do colégio a entrar na Unifei (Universidade Federal de Itajubá) dessa forma.

 

MATEMÁTICA LÚDICA

De acordo com o professor Mateus Francisco, um dos potenciais da prova Canguru é contribuir para a melhoria do ensino de Matemática em todos os níveis da Educação Básica. Ele também cita outros benefícios: favorecer o estudo de maneira interessante e contextualizada, aproximando os alunos do universo da Matemática; estimular a capacidade dos alunos de obter prazer e satisfação intelectual na resolução de problemas de Matemática pura ou aplicada; e ampliar e incentivar o desenvolvimento dos conhecimentos matemáticos.

 

“Compreendemos que estes potenciais atendem à proposta pedagógica de nossa escola e na valorização do ensino de Matemática, o que proporciona uma Matemática mais lúdica e respaldada no raciocínio lógico”, explica o professor.

 

CANGURU BRASIL

Com origem na França, essa olimpíada do conhecimento é administrada globalmente pela Associação Canguru sem Fronteiras (Association Kangourou sans Frontières – AKSF). O concurso, que é o maior do gênero no mundo, reúne em média 6 milhões de participantes por ano, de ao menos 75 países.

 

O concurso é dividido em seis níveis: nível P (Pre Ecolier) – alunos do 3º e 4º anos do EFI; nível E (Ecolier) – alunos do 5º e 6º anos do EFI e EFII, respectivamente; nível B (Benjamin) – alunos do 7º e 8º anos do EFII; nível C (Cadet) – alunos do 9º ano do EFII; nível J (Junior) – alunos da 1ª e 2ª séries do EM; e nível S (Student) – alunos da 3ª série do EM.

Leia Mais
...
26 de março de 2021

Canguru de Matemática reúne 78 alunos do Curso G9

Ensino Médio adota Itinerários Formativos da BNCC

O Ensino Médio do Curso G9 adotou, a partir do ano letivo de 2021, os Itinerários Formativos, previstos na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Eles contemplam as áreas de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas. Também há o Projeto de Vida, trabalhado nos encontros dos itinerários na medida em que é oportunizada a reflexão sobre o projeto de vida de cada aluno.

 

Na prática, os Itinerários Formativos são uma das grandes mudanças propostas pela reforma do Ensino Médio (Lei nº 13.415/2017). Formam um conjunto de disciplinas, projetos, oficinas, núcleos de estudo, dentre outros formatos de situação de trabalho que os alunos escolherão fazer. A lei exige que os itinerários sejam voltados ao empreendedorismo, à investigação científica e à mediação e intervenção sociocultural.

 

“O Curso G9, sempre atento às necessidades e mudanças do mundo e cumpridor da legislação educacional, desenvolveu projetos piloto de itinerários durante um ano e meio. Em 2021, implantou os itinerários em seu formato legal, definidos a partir do diagnóstico das demandas dos jovens de nossa escola”, explica a coordenadora pedagógica do Ensino Médio e do Pré-vestibular, professora Marcia Gil de Souza.

 

PROTAGONISMO JUVENIL

De acordo com Marcia Gil, o objetivo dos Itinerários Formativos é oferecer aos estudantes uma formação à parte do núcleo comum de disciplinas obrigatórias (Linguagens e Matemática). O aluno escolherá, dentre os itinerários oferecidos pela escola (veja abaixo), aqueles que se encaixam em suas preferências e intenções de carreira.

 

“Acredito que, assim, o Ensino Médio será mais atrativo do que aquele que sempre preparou o aluno para ‘passar no vestibular’, com aprofundamento excessivo em todos as áreas do conhecimento, sem respeitar as preferências dos jovens”, destaca. “No formato do itinerário, o Ensino Médio pretende atender às necessidades e expectativas dos alunos, fortalecendo o protagonismo juvenil na medida em que possibilita-lhes escolher os itinerários formativos nos quais desejam aprofundar os conhecimentos”, completa.

 

Para ela, “a experiência tem sido motivadora” para a instituição e para os alunos. “Vamos vivenciar, acompanhar, avaliar e ajustar os itinerários na medida em que se fizer necessário, para que os jovens possam utilizá-los como mola propulsora para seu projeto de vida, fazendo escolhas de maneira mais consciente”, finaliza.

 

Abaixo, os itinerários oferecidos pela escola.

 

LINGUAGENS

Argumentação e Pensamento Crítico I (1ª série) | Professor João Eduardo SitaArgumentação e Pensamento Crítico II (2ª série) | Professor João Eduardo SitaEspanhol I (1ª série) | Professora Eloíza MontanariEspanhol II (2ª série) | Professora Eloíza MontanariPesquisa Científica Interdisciplinar em Projetos (1ª e 2ª série) | Professores Anabel Faria Floriano, Marília Gil, Erikson Luz e João Sita

 

MATEMÁTICA

Isto é Matemática e Laboratório Steam I (1ª série) | Professores Francisca Batista, Mateus Bibiano Francisco e Vicente Carlos MartinsIsto é Matemática e Laboratório Steam II (2ª série) | Professores Mateus Bibiano Francisco e Vicente Carlos Martins

 

CIÊNCIAS DA NATUREZA

Tópicos especiais de Química I (1ª série) | Professor Glauber LuzTópicos especiais de Química II (2ª série) | Professor Edson GonçalvesTópicos especiais de Biologia I (1ª série) | Professor Melina PasiniTópicos especiais de Biologia II (2ª série) | Professor Camila AparecidaTópicos especiais de Física I (1ª série) | Professor Kléber LuizTópicos especiais de Física II (2ª série) | Professor Kléber Luiz

 

CIÊNCIAS HUMANAS

Empreendedorismo social e intervenção sociocultural I (1ª e 2ª série) | Professor Erikson LuzRelações internacionais I (1ª e 2ª série) | Professora Marília Gil

 

Leia Mais
...
24 de março de 2021

Ensino Médio adota Itinerários Formativos da BNCC

Trocar a palavra exclusão pela palavra oportunidade

No dia 21/03, é celebrado o dia Internacional da Síndrome de Down.

 

E o que é a Síndrome de Down ou Trissomia do 21, ou simplesmente T21? Para quem nunca ouviu falar, é uma alteração genética produzida pela presença de um cromossomo a mais. Esse cromossomo extra aparece no par número 21, onde normalmente existem apenas dois. E aqui vem o primeiro importante esclarecimento: pessoas que têm a T21 não são doentes! A T21 não é uma doença e muito menos é contagiosa, mas sim uma alteração genética.

 

A data tem como objetivos dar ampla visibilidade aos direitos dessas pessoas, contribuindo para melhor informar a sociedade e combater o preconceito e a exclusão, além da conscientização sobre a importância da inclusão das pessoas com a Síndrome e Down, acreditando e dando-lhes oportunidades. É também a oportunidade de esclarecer algumas equivocadas definições ou titulações que são rotuladas para as pessoas com a T21. Uma delas é dizer, por exemplo, que “o Rafael é Down”: antes de tudo temos que lembrar que a pessoa é um indivíduo e não a deficiência.

 

“A Síndrome não nos define, nós não somos a deficiência. Todos nós somos pessoas e não podemos deixar que a condição genética ou características apareçam à frente”, como disse Dudu do Cavaco, primeiro músico com a T21 do Brasil.

 

Nesse caso, simplesmente dizemos que o Rafael tem Down ou tem a T21.

 

Rótulos

Um outro rótulo ainda muito usado para as pessoas com a T21 é que eles são incapazes de se desenvolver, ou seja, que não podem ser independentes, que não podem ser alfabetizadas, que não entendem o que as pessoas falam, que não podem ter uma profissão etc. Hoje, graças a Deus, esse “paradigma” tem caído por terra, vide os inúmeros exemplos que temos de pessoas que têm a T21 e que conseguiram vencer as dificuldades, os desafios, os preconceitos e hoje vivem uma vida como qualquer pessoa comum ou típica e, melhor, colaborando nesse incansável trabalho de conscientização, inclusão e informação, para mostrar o quanto as pessoas com a T21 são capazes.

 

E como é possível? Na minha humilde opinião, o primeiro passo é ACREDITAR neles e NÃO desistir nunca. Com dedicação, paciência e muito AMOR, fica mais leve e tudo flui de forma bem mais fácil e com excelentes resultados. E que se diga de passagem, são ingredientes básicos e necessários para o desenvolvimento e educação de qualquer criança, seja para aquela com alguma limitação ou deficiência quanto para as comuns ou típicas.

 

E por último, mas não menos importante, é dizer erroneamente que pessoas com a T21 não são normais. No mundo não existem “os normais” e “os anormais”: todos são seres humanos de igual valor, com características diversas, cada qual com seus problemas. Problemas? Afinal, qual a definição de problema para você? Ter uma deficiência é viver com algumas limitações, mas isso não significa que pessoas com deficiência são “coitadinhas”, pois pessoas com síndrome de Down se divertem, estudam, passeiam, trabalham, namoram, têm sentimentos e se tornam adultos como todo mundo: nascer com uma deficiência não é uma tragédia, nem uma desgraça, é apenas uma das características da pessoa; também não são “especiais” ou “um anjo que desceu do céu para iluminar a família”.

 

Desinformação

Quantas e quantas vezes nos deparamos com os seguintes comentários: “Eu também tenho um primo que tem o mesmo problema que o Rafael!”; “As crianças normais não têm dificuldade na fala como o Rafael que é Down”; “Coitadinho do Rafael, ele tem Síndrome de Down!”; “O Rafael é especial!!”. Aqui quero apenas deixar claro que não é uma crítica dizer que ele é especial, afinal seria uma injustiça com a Fabiana, minha outra filha, que não tem a T21 e que é tão especial quanto ao Rafa. O que não podemos confundir é a definição e entonação de como esse “especial” do Rafael é colocado. Sabemos, é claro, que ele necessita e necessitará de acompanhamentos diferenciados para seu bom desenvolvimento, como terapias e atividades adaptadas, porém isso não pode ser encarado como tratá-lo de forma diferente, excluindo-o, fazendo dele um “café-com-leite” ou desprezando-o.

 

Em resumo, o que todos precisam entender é que as pessoas com a T21 possuem sim suas limitações, cada qual com a sua, mas que, se forem respeitadas, amadas, estimuladas, incentivadas e principalmente incluídas, dando-lhes as devidas oportunidades, com certeza poderão mostrar seus potenciais com capacidade e produtividade.

 

“Vamos juntos trocar a palavra exclusão pela palavra oportunidade”, como diz Leonardo Gontijo, do Instituto Mano Down.

Leia Mais
...
21 de março de 2021

Trocar a palavra exclusão pela palavra oportunidade

Curso G9 manterá atendimento remoto às famílias e alunos

Todas as cidades mineiras entraram hoje, 17 de março de 2021, na Onda Roxa, a mais restritiva do Programa Minas Consciente. A medida, que visa conter o avanço da Covid-19 no Estado, irá valer pelos próximos 15 dias. A determinação está em decreto publicado nesta data pelo governador Romeu Zema.

 

Na Onda Roxa, só podem funcionar os serviços considerados essenciais, como os do setor de saúde (hospitais, clínicas, farmácias etc.), segurança, postos de combustíveis, distribuidoras de gás, supermercados, padarias, entre outros. Caso queira, veja a lista completa neste link.

 

O Curso G9, atendendo às orientações das autoridades municipal e estadual e ao Protocolo Sanitário, manterá número mínimo de funcionários para atendimento administrativo interno e manutenção dos serviços online.

 

É importante destacar que as aulas remotas continuam normalmente, oferecendo a nossos alunos um ambiente escolar saudável e acolhedor, e que as equipes pedagógica e administrativa estão à disposição para atendê-los, família e estudantes, sempre que desejarem ou necessitarem, através dos números e endereços citados abaixo.

 

 

FORMAS DE CONTATO | ÁREA ADMINISTRATIVA

Secretaria

(35) 3623-1877

Telefone| WhatsApp: (35) 98852-8161

E-mail: secretarias@cursog9.com

 

Tesouraria

Telefone| WhatsApp: (35) 98852-8182

E-mail: tesoureiras@cursog9.com

 

Marketing/Matrículas

Telefone| WhatsApp: (35) 98852-8239

E-mail: marketing@cursog9.com

 

 

FORMAS DE CONTATO | ÁREA PEDAGÓGICA

Educação Infantil

Telefone| WhatsApp: (35) 98852-8159

 

Ensino Fundamental I

Telefone| WhatsApp: (35) 98852-8188

 

Ensino Fundamental II

Telefone| WhatsApp: (35) 98852-8238

 

Ensino Médio e Pré-vestibular

Telefone| WhatsApp: (35) 98852-8161

 

Apoio Tecnológico

Telefone| WhatsApp: (35) 98852-8186

E-mail: apoio@cursog9.com

Leia Mais
...
17 de março de 2021

Curso G9 manterá atendimento remoto às famílias e alunos

Pactus: Desafio da Gincana 2021 requer união de todos

A Gincana, desde que entrei no Curso G9 há seis anos, vem sendo muito importante para mim, pois me ensinou valores que jamais aprendi em lugar algum!

 

A Gincana não é só dentro da escola, é muito maior que isso! São várias amizades que criamos, é um sentimento de amor e comprometimento com nossa equipe e nossos amigos que não têm nada igual!

 

Tive, nesses anos de G9, muitas inspirações de grandes líderes que já se passaram por minha equipe e pela outra também. Vi alunos que davam tudo de si por sua equipe. Todo este sentimento é o que faz a Gincana ser tão especial.

 

Vendo isso, esse sonho de liderar essa grande família só vinha aumentando! Fiquei muito contente ao saber que fui eleito líder, ainda mais com os outros líderes incríveis que vão me ajudar esse ano.

 

Todos aqui sabem a tragédia o planeta está passando, portanto, acredito que a Gincana mesmo dessa forma atípica, será uma excelente forma para levantar a autoestima de todos nós, alunos e professores!

 

Vamos Pactus!

 

João Pedro Ferraz Corrêa Riera

Aluno da 2ª série do Ensino Médio (Turma M22)

Líder da Equipe Pactus

 

 

Também integra a liderança da equipe os alunos: Pedro Féris Rennó El Alam – 1ª Série (Turma M11); Fabiano da Silva Oliveira Júnior – 1ª Série (Turma M12); e Júlia Moreira El Mouallem – 2ª Série (Turma M21).

Leia Mais
...
12 de março de 2021

Pactus: Desafio da Gincana 2021 requer união de todos

Sinensis: saúde e segurança são prioridades na Gincana 2021

Nossa escola sempre oferece atividades que vão além da sala de aula e nos proporcionam aprendizados que levamos conosco por toda a vida. A Gincana é um desses eventos. Em meio à diversão e competitividade, aprendemos a importância do trabalho em equipe, que nos leva a ter resiliência, respeito, honestidade, empenho, entre outros valores.

 

Ao passar por momentos de dificuldades e outros de muita alegria, criamos vínculos de amizade que ultrapassam os corredores da escola e formam nossa Família Sinensis. Buscamos o melhor que há em cada um de nós para que, ao final do ano, tenhamos orgulho do que conquistamos e diversas memórias incríveis, que deixam nossa trajetória escolar mais leve e especial.

 

A liderança é uma grande oportunidade de aprendizado. Ter que lidar com a pressão e as responsabilidades, com nossas dificuldades e as de outras pessoas é um grande desafio. Mas apoiando uns aos outros, conseguimos nos organizar e indicar os melhores caminhos para a equipe.

 

No cenário em que vivemos, a segurança e a saúde são prioridades. Por isso, a Gincana também vai se adaptar. Mas a distância física não será um empecilho, já que o espírito de equipe nos une em um só propósito: fazer desta, a melhor gincana possível! A vitória é consequência da entrega e da união da nossa família laranja.

 

Ana Luisa Duarte da Fonseca – 2ª Série (Turma M22)

Aluna da 2ª série do Ensino Médio (Turma M22)

Líder da Equipe Sinensis (Laranja)

 

 

Também integra a liderança da equipe os alunos: Afonso Vitor Ligório Miranda – 1ª Série (Turma M12); Lívia Mohallem Alves – 1ª Série (Turma M12); e Isabela Curi Tavares – 2ª Série (Turma M21).

Leia Mais
...
12 de março de 2021

Sinensis: saúde e segurança são prioridades na Gincana 2021

Aluno conquista vaga na Unifei com nota de olimpíada escolar

Renan Barbosa Silva é o primeiro aluno do Curso G9 a conquistar uma vaga na universidade usando a nota de uma olimpíada escolar. Ele foi aprovado em Engenharia Civil na Universidade Federal de Itajubá (Unifei) graças à medalha de ouro que ganhou na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) 2020.

 

“Para mim, obter uma vaga na faculdade através de uma olímpiada de conhecimento foi algo surpreendente”, disse Renan Silva, que participa dessas provas desde 2016, quando cursava o 8º ano do Ensino Fundamental II. “Sempre fui incentivado pelos professores a participar dessas competições e, vendo os resultados obtidos, juntamente com o aprendizado proporcionado, me interessei profundamente por elas”, completou.

 

Renan Silva lembra que foram “vários sucessos e insucessos” até adquirir experiência suficiente para conseguir, em 2020, nota máxima na OBA. “Participei de todas as olimpíadas possíveis”, destaca, ao falar da OBA, da Canguru de Matemática, da Olimpíada Nacional de Ciências (ONC) da OBB (Olimpíada Brasileira de Biologia). Ao todo, recebeu, desde 2016, três medalhas de ouro e três de prata.

 

“Recebi apoio de muitos professores, mas gostaria de fazer um agradecimento especial ao professor Mateus Francisco, que sempre me incentivou a participar dessas olimpíadas. Se não fosse ele, provavelmente não teria feito nada; foi meu mentor e orientador desde o 8º ano”, destacou.

 

OBA | ONC

O Curso G9 conquistou 12 medalhas na Olimpíada Nacional de Ciências (ONC), sendo uma de ouro, com o aluno Vinicius Moreira Campos, que cursou a 3° série do Ensino Médio em 2020. O resultado foi divulgado no último dia 25 de fevereiro.

 

Alunos do Curso G9 também conquistam 15 medalhas na 23ª edição da OBA. Do total, cinco medalhas de ouro, nove de prata e uma de bronze; O aluno Vinicius Moreira Campos também conquistou uma medalha de ouro na 14ª Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG).

 

CANGURU | ONHB

Em agosto, três alunos conquistam bronze na olimpíada Canguru de Matemática, que está em sua 11ª edição. O Curso G9 também foi, pela décima vez consecutiva, finalista da Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), promovida pela Unicamp.

Leia Mais
...
08 de março de 2021

Aluno conquista vaga na Unifei com nota de olimpíada escolar

Curso G9 conquista 12 medalhas na Olimpíada Nacional de Ciências

Doze alunos do Curso G9 são medalhistas na Olimpíada Nacional de Ciências (ONC), olimpíada escolar que reuniu em torno de dois milhões de participantes. O resultado foi divulgado nesta quinta-feira, 25 de fevereiro.

 

O aluno Vinicius Moreira Campos, que cursou a 3° série do Ensino Médio em 2020, conquistou medalha de ouro. O Curso G9 também conquistou 2 medalhas de prata, 3 de bronze e 6 menções honrosas (veja os medalhistas abaixo).

 

A ONC integra o Programa Ciência na Escola e é uma realização de cinco Sociedades Científicas: a SBF (Sociedade Brasileira de Física), a ABQ (Associação Brasileira de Química), o Instituto Butantan, a Sociedade Astronômica Brasileira e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

 

A conquista vem somar ao ótimo desempenho dos alunos nas olimpíadas escolares, competições de robótica e xadrez realizadas em 2020. Leia mais no link: https://bit.ly/3kqacRj

 

Confira os alunos premiados na ONC – as séries são correspondentes ao ano letivo 2020:

 

OURO

Vinicius Moreira Campos – 3° série do Ensino Médio

 

PRATA

João Pedro Tilmann de Souza – 9° anoLethicia Monteiro Re – 2° série

 

BRONZE

Pedro H. M. Gonçalves – 3° série

Marina Moreno Motta Carmanhani – 9° ano

Vinícius S. Santos – 1° série

 

MENÇÃO HONROSA

Ana Lívia Santos Franqueira – 2° sérieLeonardo Katsuo de Medeiros Yagui – 3° sérieLucas José Feichas – 2° sérieInayá Ahau Tatamiya Medeiros – 2° sérieThiago Taets e Sales – 2° sérieVivian dos Santos Carvalho – 2° série

Leia Mais
...
26 de fevereiro de 2021

Curso G9 conquista 12 medalhas na Olimpíada Nacional de Ciências

Seleção de bolsa para o Pré-vestibular até 27/02

As inscrições para a Seleção de Bolsa para o Pré-vestibular do Curso G9 começam neste sábado, 20 de fevereiro, e poderão ser feitas até o próximo dia 27, exclusivamente por meio digital. Os critérios de seleção são a nota do ENEM 2019 ou histórico escolar do candidato ao desconto.

Para se inscrever nesse processo, baixe e preencha a ficha de inscrição e a envie para o e-mail bolsa@curso-g9.com.br. Junto com a ficha, precisa anexar cópia legível do relatório original de notas no ENEM 2019 obtido no site do INEP ou, para os candidatos que cursaram em 2020 a 3ª Série do Ensino Médio, a cópia do Histórico Escolar.

Após o recebimento desses dados, sua inscrição será processada e lhe será enviado um e-mail de confirmação. Caso não receba esse e-mail, entre em contato com a escola.

O resultado do Processo Seletivo estará disponível a partir do dia 01/03/2021 para ser retirado na escola ou através de contato pelo WhatsApp (35) 98852-8239 (Departamento de Marketing). Falar com a Cecília ou com a Letícia.

Leia Mais
...
19 de fevereiro de 2021

Seleção de bolsa para o Pré-vestibular até 27/02

Curso G9 promove Semana de Planejamento e Formação

Professores, coordenação pedagógica e direção do Curso G9 participaram da Semana de Planejamento e Formação 2021, realizada entre os dias 1º e 6 de fevereiro. O objetivo do encontro, de forma remota, foi envolver a todos no processo de construção permanente de uma prática pedagógica alicerçada na Proposta Pedagógica e no Regimento do colégio.

 

“Foi uma semana produtiva, de muito trabalho para todos nós. Esse planejamento é necessário porque acredito que 2021 será como o ano passado: surpreendente e desafiador”, explicou a diretora pedagógica do Curso G9, professora Maria Aparecida Fernandes. “No último ano, fomos desafiados o tempo todo a nos reinventar e inovar para manter a qualidade do ensino”, completa.

 

Para o diretor de Planejamento, professor Giovanni Henrique Faria Floriano, “o desafio tira a gente do lugar”. “Fomos impulsionados a pensar em inovação em momentos difíceis, como no ano passado. Graças a uma equipe competente, estamos renovando nossa prática como profissionais e cidadãos”, disse.

 

O fechamento da semana, em 6 de fevereiro, contou com a participação de todos os funcionários da área administrativa. “É fundamental que todos participem dessa construção porque, graças ao empenho de todos, conseguimos superar os desafios de 2020 e nos preparar para o ano letivo de 2021”, destacou o diretor Administrativo, professor Hilson Háliz Dias Perlingeiro.

 

TEMAS

Durante a semana de preparação, foram debatidos os seguintes temas: o panorama escolar para 2021 e calendário escolar para o ano letivo; Mudanças no Projeto Político Pedagógico, no Regimento Escolar e no Manual do Aluno e da Família do Curso G9; Contribuições da Ciência e Tecnologia para o currículo do Curso G9; Planejamento Curricular das áreas de conhecimento.

 

Outros dois temas também integraram a semana de planejamento. O primeiro foi o Plano de retorno às aulas presenciais e avaliação diagnóstica da aprendizagem. Neste sentido, o Curso G9 fez importantes investimentos na estrutura física em plataformas digitais para esse retorno que depende de autorização das autoridades sanitárias.

 

O segundo foi um bate-papo sobre as práticas de segurança previstas no Protocolo Sanitário do Curso G9 para o retorno das atividades escolares presenciais no contexto da pandemia da Covid-19. Elaborado pelo professor Glauber Luz, o protocolo prevê todas as medidas necessárias para que haja a segurança de toda comunidade escolar.

 

PROJETOS INSTITUCIONAIS

O diretor de Planejamento do Curso G9 lembrou que os dois principais projetos pedagógicos do colégio foram discutidos no último dia da Semana de Formação: a Feira do Conhecimento e a Gincana.

 

“Nosso objetivo é começar esses projetos de forma remota, na esperança de que possamos dar continuidade aos dois já no retorno presencial”, disse. O tema da Feira do Conhecimento, que perpassa as atividades da Gincana, será os “300 anos de Minas Gerais”.

 

 

Leia Mais
...
12 de fevereiro de 2021

Curso G9 promove Semana de Planejamento e Formação

Curso G9 cria Protocolo Sanitário em acordo com Minas Consciente

O Protocolo Sanitário Institucional do Curso G9 foi apresentado aos professores e funcionários durante a Semana de Planejamento e Formação dos professores. Elaborado pelo professor de Física, Glauber Luz, que também é técnico em Química, o protocolo visa garantir um ambiente físico seguro a todas as pessoas que convivem no Curso G9.

 

“O documento, que foi amplamente discutido, desde meados do ano passado, possibilita a disseminação de informação correta em relação à higienização dos ambientes do colégio”, explicou Glauber Luz. “O Protocolo atende todas as normas de saúde e segurança para locais públicos e do trabalhador”, destacou.

 

De acordo com Glauber Luz, o Protocolo Sanitário do Curso G9 tem como base os documentos similares produzidos pela Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais e pela coordenação do Plano Minas Consciente, programa do Governo de Minas que orienta a retomada das atividades econômicas nos municípios.

 

O Minas Consciente classifica as cidades, as microrregiões e as macrorregiões do Estado em ondas mais (vermelha e amarela) ou menos restritivas (verde) em função de variáveis referentes à pandemia da Covid-19 (número de casos, números de óbitos, ocupação de UTIs e enfermarias). Itajubá, por exemplo, está na onda vermelha.

 

O diretor Administrativo do Curso G9, professor Hilson Háliz Dias Perlingeiro, disse que o Protocolo Institucional foi a base para a preparação do ambiente escolar para o retorno das aulas presenciais. “Estamos preparados para esse retorno assim que houver o aval das autoridades sanitárias”, destacou.

 

Para isso, o diretor destacou que foram feitos importantes investimentos na infraestrutura física do colégio, como a compra de equipamentos Ecobrisa. As medidas adotadas foram apresentadas aos pais durante encontros virtuais, na última semana de janeiro, e aos professores e funcionários durante a Semana de Planejamento e Formação.

 

A CIPA participou de várias ações, realizou a marcação da área de fluxo de pessoas e de orientação sobre o necessário distanciamento entre elas e o trabalho de orientação dos funcionários para redobrar a atenção com a proteção pessoal, como higienização correta das mãos e o uso de equipamentos de proteção individual.

Leia Mais
...
08 de fevereiro de 2021

Curso G9 cria Protocolo Sanitário em acordo com Minas Consciente

Curso G9 investe em estrutura física e digital para 2021

O Curso G9 ampliou os investimentos em plataformas digitais e em estrutura física para retomar as aulas presenciais no ano letivo de 2021. Esse retorno depende de autorização das autoridades sanitárias do município e do Estado que, até 2 de fevereiro, mantinham Itajubá na Onda Amarela.

 

Isso quer dizer que a educação, uma atividade não essencial para o Programa Minas Consciente, do qual Itajubá faz parte, deve permanecer o atendimento remoto até que seja emitida uma nova orientação às escolas públicas e particulares do município.

 

“Estamos preparados para o retorno presencial assim que houver uma orientação sanitária neste sentido”, explica a diretora Pedagógica do Curso G9, professora Maria Aparecida Fernandes. “Todos, família e escola, estamos ansiosos para retomar as atividades presenciais, mas precisamos seguir os protocolos das autoridades sanitárias”, completa.

 

Estrutura Física

De acordo com o diretor Administrativo, professor Hilson Háliz Perlingeiro, “o Curso G9 fez importantes investimentos para adequar o espaço físico às normas estabelecidas pelos protocolos”. Como exemplo, cita a aquisição de 22 novos Ecobrisas para as salas de aula da Educação Infantil, do Ensino Fundamental I e do Ensino Fundamental II; o Ensino Médio já contava com esses equipamentos. “Ao contrário dos aparelhos de ar-condicionado, os equipamentos Ecobrisa promovem a renovação do ar, mantém a umidade do ambiente e podem ser utilizados com as janelas abertas, o que garante conforto térmico e prevenção de doenças ao permitir uma maior circulação do ar”, diz.

 

Também houve investimento na compra de totens de álcool em gel, distribuídos em locais estratégicos do Curso G9; sinalização horizontal para orientar os alunos sobre o necessário distanciamento social; compra de máscaras e de termômetros – todos terão a temperatura medida ao chegar na escola.

 

“Preparamos um manual, entregue às famílias, com todas as orientações necessárias para que esse retorno seja o mais tranquilo possível. Para isso, cada um precisa entender a importância de se adotar as medidas preventivas, como o uso de máscara o tempo todo e evitar aglomerações na entrada e saída dos turnos”, destaca a professora Fernandes. “Também readequamos o número de alunos em cada sala de aula e estamos orientando nossos professores a priorizarem as atividades nas áreas externas do colégio”, diz.

 

Plataformas Digitais

O diretor de Planejamento do Curso G9, professor Giovanni Henrique Faria Floriano, destaca ainda os investimentos feitos em plataformas digitais para um melhor aproveitamento das atividades letivas. “Essas plataformas são importantes ferramentas pedagógicas, tanto para as aulas remotas como para as presenciais”, explica.

 

O colégio adotou a Geekie One para os alunos do Ensino Fundamental II, Ensino Médio e Pré-vestibular. “A plataforma digital traz uma série de benefícios para o aluno, que pode ter um estudo personalizado de acordo com sua dificuldade; para o professor, que pode planejar suas aulas e exercícios de forma flexível e com conteúdo autoral; e para a família, que recebe relatórios semanais sobre o desempenho dos filhos”, explica Giovanni Faria.

 

Os alunos e professores do Curso G9 também terão à disposição as ferramentas do Google for Education, que permitem trabalhar em tempo real em documentos, planilhas, apresentações, sites, mapas, formulários e muitas outras ferramentas, acessíveis a qualquer computador ou celular.

 

Para facilitar as atividades pedagógicas, o Curso G9 também disponibilizou aos professores e alunos, do 6º ano do Ensino Fundamental II ao Pré-vestibular, Chromebooks, um novo tipo de computador projetado para deixar as tarefas mais rápidas e fáceis. Eles usam o Chrome OS, um sistema operacional que inclui armazenamento em nuvem, tem integrado todas as ferramentas do Google e conta com diversos níveis de segurança.

 

Leia Mais
...
04 de fevereiro de 2021

Curso G9 investe em estrutura física e digital para 2021

Nova gestão da CIPA do Curso G9 toma posse

A nova gestão da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) do Curso G9 tomou posse em 4 de janeiro de 2021. Ela será presidida pelo funcionário Renato de Castro Cardoso, responsável pela área de Vestibulares do colégio.

 

“A CIPA tem dedicado especial atenção à prevenção de acidentes e doenças do trabalho. Boa parte desses esforços concentra-se na conscientização dos funcionários, em todos os níveis por meio de treinamentos, curso e palestras”, disse.

 

A Comissão também tem feito um trabalho em parceria com a direção da escola para a prevenção da Covid-19. Uma delas é a sinalização no solo para o necessário distanciamento social, necessário para conter o avanço da doença.

 

A nova gestão CIPA do Curso G9, eleita em 4 de dezembro de 2020, é composta por seis funcionários. São eles:

Leôncio Guilherme de Barros Júnior, responsável pela portaria, que é o vice-presidente da CIPA;Rejane Ribeiro de Lima: professora regente da Educação Infantil, secretária da comissão;Ana Maria de Souza Silva Barnabé: da Tesouraria, indicada pela empresa Professores do Sul de Minas;Priscila Silva Rangel Bustamante, nutricionista, indicada da empresa Conveniência;Kátia Rosana dos Santos Silva Rodrigues, da Tesouraria, suplente do vice-presidente.

Leia Mais
...
28 de janeiro de 2021

Nova gestão da CIPA do Curso G9 toma posse

TOPO